Odisseia

Faz literalmente ANOS que comprei esta versão do poema épico grego recontado para crianças por Ruth Rocha. Anos mesmo, não tinha rolado nem o Acordo Ortográfico ainda. Já na época eu queria conhecer a história clássica contada por Homero mas sabia que não teria tempo (muito menos ânimo) para encarar uma tradução do texto na íntegra. Sabendo que dona Ruth Rocha tinha feito essa adaptação, nada melhor do que juntar o útil ao agradável.

bussola_odisseiaA história, propriamente dita, é aquela que se aprende em boas aulas que envolvem mitologia grega: depois da vitória em Tróia, Ulisses tenta – em vão – voltar para Ítaca, sua terra Natal, mas é constantemente atrasado pelos deuses que, vira e mexe, se ressentem de algo que ele ou sua tripulação fizeram. É assim que uma viagem que deveria durar alguns dias acaba por demorar dez longos anos, em que as situações mais díspares acontecem com o protagonista.

Acho bem interessante que ainda que se trate de um texto modificado para o entendimento de crianças, em momento algum esses leitores são tidos como jovens demais para entender as situações. Na verdade, exceto por um momento em que há um “ó Zeus… (era assim que os deuses falavam uns com os outros)”, toda a trama é simplificada, mas não mastigadinha com açúcar.

As aventuras vividas por Ulisses são divididas em três partes, além da introdução, que dá um panorama sobre o pomo da discórdia e a Guerra de Tróia. Há explicações de alguns termos e mesmo pequenas ilustrações (como se tivessem sido feitas na época) em algumas páginas para ajudar no entendimento da trama. Cada novo capítulo também é apresentado com uma imagem representativa da parte da história que vai tratar.

Ruth Rocha também recontou a “Ilíada” em outro livro dessa mesma série.

Odisseia
Ruth Rocha
Companhia das Letrinhas
104 páginas

Comente: