Duas Luas

bussola_duasluasNilo quer vender seu bar, onde também mora, numa região sem muitos recursos do que pode ser o Rio de Janeiro ou qualquer outra cidade. A ideia é poder recomeçar a vida em outra cidade, na companhia de Natali e a filhinha deles que está para nascer. Mas passar o estabelecimento para frente não está fácil, assim como não é simples continuar a negar à milícia que comanda o local que ele não está disposto a compactuar com as ordens deles.

Na companhia dos assíduos frequentadores do bar, muitos dos quais conheceram seu pai, Nilo vai levando a vida, ao mesmo tempo em que lida com a dificuldade para dormir e os sonhos extremamente simbólicos e bizarros que vem tendo.

A HQ de André Diniz (roteirista) e Pablo Mayer (ilustrador) é bastante interessante quando traduz em imagens os devaneios do protagonista. As cenas estranhas, e ao mesmo tempo cheias de significados, inevitavelmente convidam o leitor a interpretar o que o inconsciente do personagem está tentando dizer. E entrar nos sonhos de Nilo é uma experiência tão diferente que é fácil se perguntar se os acontecimentos das últimas páginas eram realidade ou não.

Diniz é vencedor de um prêmio HQ Mix como melhor roteirista nacional por “Morro da Favela”.

Duas Luas
André Diniz (roteiro) e Pablo Mayer (ilustrações)
136 páginas
Giz Editorial

Comente: