Asterix e Seus Amigos

Outro texto da saga UOL Jovem, de 16 de maio de 2008. Pequenas alterações necessárias para o texto não ficar “passado”.

 
bussola_asterixeseusamigosO francês Albert Uderzo já havia completado 81 anos quando, em 2008, um livro para comemorar suas 80 primaveras chegou ao Brasil. O livro “Asterix e Seus Amigos” traz, em 64 páginas, diversos desenhistas das mais diversas nacionalidades prestando uma homenagem ao homem que deu vida, junto de René Goscinny, a uma simpática colônia de gauleses que luta bravamente contra a invasão romana desde 1959.

Trinta e quatro autores foram convidados pela Éditions Albert René, Bernard de Choisy e Sylvie Uderzo (filha do desenhista, que passou a cuidar dos personagens depois da morte de Goscinny, em 1977) para criarem, com seus traços e características, histórias ou cartoons que pudessem representar um “parabéns” para Albert. O livro, segundo palavras da própria Sylvie no texto de abertura da obra, ficou maior do que eles pretendiam, e ainda assim, deixou muitos outros amigos e fãs do desenhista de fora.

Com tramas de até quatro páginas, nomes como Vance & Van Hamme (de “XIII”), Rosinski (de “Thorgal”), Manara (“Clic”), Walthéry (“Natacha”) e vários outros, aproveitaram a oportunidade para dar novas leituras a Asterix e Obelix, colocar Uderzo nas histórias ou mesmo promover encontros surreais, como Vicar, que levou os gauleses para um passeio em Patópolis com Pato Donald e Professor Pardal.

Uma das tramas mais originais, porém, coloca a dupla com uma roupagem atual, desafiando as autoridades na cidade grande, só para poder promover uma baderna e bater em todos. Quem assina a história é Baru.

A Editora Record já publicou no Brasil mais de 30 títulos de Asterix.

O álbum que montei pelo lançamento do livro ainda pode ser visitado aqui – http://jovem.uol.com.br/album/asterix_homenagem_uderzo_album.jhtm.

 

Asterix e Seus Amigos – Uma Homenagem a Albert Uderzo
Vários autores
Editora Record
64 páginas

Comente: