A Árvore Maravilhosa

bussola_arvoremaravilhosaParte da safra das minhas compras na última Bienal do Livro,  “A Árvore Maravilhosa” me chamou a atenção principalmente porque eu nunca havia visto nada de literatura africana para crianças publicado no Brasil. A aquisição me fez, de quebra, conhecer uma lenda local e conhecer o estilo de pintura tingatinga, da Tanzânia, caracterizado pelas cores fortes e vibrantes e o retrato de cenas comuns (ou nem tanto) da vida no país.

A história, que costumava ser repassada oralmente nas aldeias locais, conta como a seca atingiu uma região habitada por animais. Eles descobrem nesse cenário a tal árvore do título, cheia de frutos lindos e aromáticos, mesmo com o tempo hostil. Curiosamente, porém, as frutinhas não caem de seus galhos e mesmo os animais mais ágeis e fortes conseguem pegá-los.

Os bichos se reúnem então para consultar a Tartaruga, o animal mais sábio de todos, para descobrir como podem alcançar o alimento. Mas, depois de ouvirem o que devem fazer, se distraem e acabam esquecendo qual atitude tomar. Isso acontece com rigorosamente todos os animais que vão consultar  a personagem, exceto pela Coelha.

Interessante para entrar em contato com uma cultura diferente.

 

Á Árvore Maravilhosa
John Kilaka
32 páginas
Martins Fontes

Comente: