Entrevistas com Isabel Minhós, do Planeta Tangerina

O site superfofo Garatujas Fantásticas publicou uma entrevista divertida com Isabel Minhós Martins, autora e fundadora da editora portuguesa Planeta Tangerina. Há alguns meses, eu já tinha lido outra entrevista com Isabel assinada pela mesma repórter, Thaís Caramico (que é também uma das editoras do Garatujas), na ótima Revista Emília. Na época, chamou especialmente a minha atenção a opinião da entrevistada sobre livros infanto-juvenis para iPad: “(…) Tenho dúvidas de que possamos chamar leitura a uma aplicação que tem movimento, som, luzes a acender e a apagar, que nos pede a todo o momento que façamos escolhas e toquemos no ecrã(tela) para fazer acontecer coisas. Ler é outra coisa: exige concentração, imersão na leitura, exige que convoquemos memórias, que puxemos pela imaginação. Se um livro é bom, não diz tudo: a nossa cabeça constrói o que falta… Isso é ler. Cada leitor lê algo diferente. As aplicações (fantásticas!) para Ipad que há partir de livros são um derivado, como há os filmes de animação ou os jogos… São mais uma coisa (fascinante) que inventámos mas não são um livro.”

Enfim, vale ler as duas entrevistas, que estão bem bacanas. E, claro, dá para fuçar no site do Planeta Tangerina, que tem um catálogo de enlouquecer os fãs de livros ilustrados! Uma observação extra: um dos livros de Isabel, chamado “Siga a Seta”, foi lançado neste ano no Brasil pela Companhia das Letrinhas. Ainda não li, mas a premissa parece bem legal – fala sobre o excesso de regras e, claro, setas nas rotinas das pessoas (já me identifiquei) . Bem, os links vão abaixo:

Entrevista para o Garatujas Fantásticas
Entrevista para a Revista Emília 
Site da editora Planeta Tangerina

 

 

 

 

 

 

One Comment

    1. Lá em Casa Somos… — Bússola de Livros

    Comente: