Sinais do Mar

Ana Maria Machado descreve o “universo à beira mar” em livro de poesia

Estranho imaginar que uma escritora renomada, com 40 anos de carreira e vários prêmios importantes, se sinta apreensiva para lançar um novo título. Mas foi o que aconteceu com Ana Maria Machado neste livro de poesia, o qual, no prefácio, ela chama de “ave rara”. “Como leitora, sou apaixonada por poesia. E exigente com meus poetas. Assim, nunca pensei em publicar poemas. Não me achava à altura”, escreveu. Entretanto, com um empurrãozinho da amiga Ruth Rocha, reuniu alguns de seus poemas que tratavam do mar, velho conhecido de sua infância.

Nesta seleção, entram vários dos bichos e nomes do mundo à beira mar que renderam poemas curtinhos, com descrições sensíveis e criativas, como a “arraia”, por
exemplo, chamada de “pipa empinada no azul molhado”, e “salsugem”, de “sal no ar”. As escolhas de cada uma das palavras são muito bem pensadas e, ao mesmo
tempo, são simples, o que torna fácil para o leitor se identificar e “viajar” na leitura. Não sei se o gênero atrai um grande número de crianças mas, independentemente da resposta, diria que não se trata de um livro para um público específico. Leitores jovens e adultos, sobretudo os curiosos e interessados em poesia, podem passar um bom tempo nas rimas de Ana Maria Machado, acompanhadas nesta edição por ilustrações azuis bem discretas.

Para os fãs da escritora também é uma boa oportunidade de acompanhar mais uma de suas facetas na literatura e de conhecer um tema tão próximo de seu tempo de menina. Em entrevista feita no ano passado, Ana Maria contou que, além de ser criada no Rio, tinha muito contato com o mar nos tempos de férias escolares, curtidas ao lado dos avós em Manguinhos (vila conhecida pela pesca), no Espírito Santo. Há ainda mais motivos, de geografia e familiares, para que se apegasse ao cenário azul.”Deve estar nos meus genes”, explica no prefácio.

Coisas legais

– O livro tem boas descrições que permitem ao leitor “viajar” num assunto que muitos têm na memória, inclusive de infância, ou seja, coisas relacionadas ao mar, à areia e aos bichos curiosos que existem neste “universo”.

Coisas chatas

– Nada…mas é um livro que combina bem com tempo e com silêncio.

SINAIS DO MAR
Autor: Ana Maria Machado
Editora: Cosac Naify
56 páginas
Site oficial da autora: http://www.anamariamachado.com/home/

One Comment

    1. Túnel do tempo: entrevista com Ana Maria Machado — Bússola de Livros

    Comente: